Logo

funcionamento do sistema

O VALORFITO, designação pelo qual é conhecido o Sistema Integrado de Gestão de Embalagens e Resíduos em Agricultura, tem como objectivo a recolha periódica dos resíduos de embalagens primárias de produtos fitofarmacêuticos e sua gestão final, seguindo as exigências do Despacho Conjunto 369/2006 de 02/05/2006, publicado na Série II do DR nº 84.

Este sistema permite dar resposta às necessidades dos produtores agrícolas de encontrarem um destino adequado para os resíduos de embalagens de produtos fitofarmacêuticos que são gerados nas suas explorações agrícolas, e assegura que toda a fileira do sector agrícola (produtores, distribuidores e agricultores) possa cumprir a legislação em matéria de resíduos de embalagens de Prod. Fitofarmacêuticos:

- Os agricultores levantam sacos adequados à recolha nos pontos de venda ou pontos de retoma, aquando da aquisição dos produtos fitofarmacêuticos. Devem efectuar o armazenamento temporário dos resíduos de embalagens nas explorações agrícolas, devidamente acondicionados nos sacos anteriormente fornecidos, nos mesmos locais onde armazenam os produtos fitofarmacêuticos e, depois, transportar esses sacos para os Pontos de Retoma Valorfito. A pedido do agricultor/utilizador final, o Ponto de Retoma facultar-lhe-á um comprovativo de entrega.

- O VALORFITO recorrerá aos serviços de operadores especializados e licenciados pela APA - Agência Portuguesa do Ambiente que procedem à recolha dos resíduos de embalagens entregues nos vários Pontos de Retoma e à sua da gestão final, encaminhando-as para estações de tratamento, valorização energética e outras.

Descarregar "Funcionamento do Sistema"